exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Lockheed Martin promete aviões supersónicos silenciosos em voos comerciais

Lockheed Martin

A companhia americana está a desenvolver um projeto conjuntamente com a NASA que poderá resultar na criação do primeiro avião supersónico que não causa o ruído estrondoso ao superar a barreira da velocidade do som

  • 333

Francisco JM Garcia

A Lockheed Martin, uma empresa americana de aeronáutica, anunciou esta quarta-feira que está a trabalhar num projeto de colaboração com a NASA, a agência espacial americana, que prevê a construção de um avião de transporte supersónico que faz menos ruído quando atinge a barreira do som.

De acordo com a CNN, embora esteja em estado embrionário, o modelo X-59 levará até 40 passageiros e vai atingir uma velocidade de 1,8 Mach (a unidade que define a razão entre velocidade de um objeto e a velocidade do som), equivalente a 2222,64 km por hora.

Lockheed Martin

Um dos maiores problemas desta tecnologia, que já haviam sido detetados no passado, foi o ruído que os aviões faziam ao atingir velocidades superiores à velocidade de propagação do som que, entre outras razões, levou o antigo modelo Concorde, da Airbus, a sair dos céus em 2003.

A empresa de aeronáutica americana contou à CNN que este projeto “pouco ruidoso” pretende mudar a regulação para este tipo de transportes aéreos de forma a que os modelos supersónicos possam operar em novas rotas aéreas.

«Por agora, desenhámos apenas o conceito do avião e estamos a estudar que características pode vir a ter (peso, capacidade, entre outras)», disse Mike Buonanno, um dos engenheiro envolvidos no projeto, reforçando que, neste momento, a tecnologia está pronta para ser utilizada assim que o projeto tiver aval.

  • 333