exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

FCT revela resultados de avaliação de Unidades de I&D

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia divulgou um relatório preliminar da avaliação das Unidades de I&D candidatas ao Programa de Financiamento Plurianual. Os incentivos chegam aos 420 milhões de euros para o período de 2020-2023.

  • 333

Exame Informática

Além do montante de 420 milhões de euros previstos para 2020-2023, o Programa de Financiamento Plurianual visa a atribuição de 1600 novas bolsas de doutoramento, o que corresponde a um investimento total adicional de 106 milhões de euros. Os painéis de avaliação consideram que 64% das Unidades têm uma classificação de Excelente ou Muito Bom, após uma análise conduzida por mais de 200 avaliadores internacionais e que envolveu visitas a todas as unidades. Estes resultados mostram um elevado nível científico e tecnológico, tendo sido identificadas muitas contribuições significativas para o avanço do conhecimento e a sua aplicação aos melhores níveis internacionais.

As Unidades avaliadas com Muito Bom ou Excelente englobam 78% dos investigadores integrados em todas as unidades de I&D. No total, candidataram-se 348 Unidades a este processo de avaliação, das quais 62 são novas no processo, incluindo quatro que resultam de fusões de unidades existentes e apenas 1% do total teve nota Insuficiente. Em termos de investigadores, estão integrados 19418 profissionais, com 43% a conseguirem um Excelente, 35% um Muito Bom e apenas 0,2% com Insuficiente, a nota mais baixa. As Unidades classificadas com Excelente ou Muito Bom vão receber financiamentos de 420 milhões de euros nos quatro anos entre 2020 e 2023.

O processo de avaliação, complexo e com uma logística exigente, foi conduzido pela FCT, cujos técnicos acompanharam os avaliadores em todas as fases, nomeadamente nas visitas efetuadas às Unidades de I6D. A avaliação foi realizada por 224 avaliadores internacionais, distribuídos por 32 painéis, selecionados entre peritos internacionais de elevada competência e experiência científica, provenientes de instituições científicas e académicas de 26 países, lê-se na Nota de Imprensa da FCT. Houve ainda lugar à colaboração de 31 peritos externos, de 12 países.

As Unidades são financiadas após uma avaliação externa independente e internacional que se realiza periodicamente e, neste exercício, candidataram-se com a apresentação de um relatório de atividades dos últimos cinco anos, da equipa de investigadores e do pano para os próximos cinco anos.

Saiba mais sobre o processo de avaliação, as Unidades e os avaliados envolvidos no site da FCT.

  • 333