exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

NASA: o regresso à Lua, em segurança, nunca esteve tão perto

Nasa

De acordo com um dos responsáveis da missão, o sistema de segurança foi testado cinco segundos antes do tempo previsto, dado que para nesta missão foram usados propulsores super potentes que aceleraram o processo de ascensão

  • 333

Francisco JM Garcia

O lançamento da Nasa realizado esta terça-feira, que pretendia testar sistema de segurança (LAS na sigla inglesa) da nave Orion aconteceu com sucesso. De acordo com a SpaceNews, 50 segundos após a descolagem, quando a nave se encontrava a uma altura de 9500 metros, o sistema foi ativado para separar a cápsula de transporte dos propulsores.

Embora no plano original estivesse estipulado que o LAS fosse ativo 55 segundos depois da descolagem, segundo a mesma publicação, Don Reed, um dos responsáveis pela missão, disse numa conferência de imprensa que o processo se adiantou devido à potência elevada dos propulsores.

«Construimos o propulsor mais poderoso do mundo para enviar astronautas à Lua a bordo do Orion, no âmbito das missões Artemis», disse Bill Hill, administrador do departamento de Desenvolvimento de Sistemas de Exploração da Nasa, numa conferência de imprensa. «Com este sistema de exploração há uma maior probabilidade de levar pessoas ao Espaço do que antes e temos a salvaguarda de ter um sistema de segurança muito eficiente, para o caso de desastres no processo de ascensão», concluiu.

  • 333