exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Satélites da OneWeb chegam aos 400 mbps

A OneWeb concluiu satisfatoriamente uma bateria de testes do acesso de banda larga fornecido pela sua constelação de satélites. As seis unidades conseguiram oferecer velocidades de 400 mbps e latência de 32 milissegundos (ms)

  • 333

Exame Informática

A latência média de 32 ms e a velocidade de pico de 400 mbps deixaram os responsáveis da OneWeb satisfeitos. A empresa testou os seis satélites que foram lançados em fevereiro e acredita estar no caminho correto para «criar uma constelação completamente funcional em 2021 e que comece a entregar serviço parcial já em 2020». A rede vai ter inicialmente 650 satélites e será aumentada para os 1980 aparelhos. Os testes de velocidade agora noticiados decorreram em Seul, na Coreia do Sul.

A OneWeb está a apostar em colocar satélites em baixa órbita terrestre e que sejam capazes de criar uma rede de acesso de banda larga. Os satélites atualmente em órbita oferecem latências de 600 ms, o que os torna inutilizáveis, mas a estratégia de colocar aparelhos em baixa órbita permite valores mais baixos e que os qualifica como uma boa alternativa à rede cablada.

A Amazon e a SpaceX estão também na corrida para ter um serviço de satélite semelhante, com a empresa de Elon Musk a ter colocado já 60 satélites no espaço, mas tendo perdido contacto com três deles.

  • 333