exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Microsoft investe mil milhões na empresa de inteligência artificial OpenAI

Foto: Microsoft

As duas empresas vão avançar para a construção de uma plataforma de computação em Azure com uma escala «sem precedentes»

  • 333

A Microsoft e a OpenAI anunciaram uma parceria de vários anos – quantos não foi especificado – para o desenvolvimento de sistemas de inteligência artificial (IA) de grande escala. O “alvo” é a plataforma de computação na nuvem Azure e que a Microsoft espera que seja o ponto de partida para a criação de uma nova geração de aplicações de inteligência artificial.

A parceria, que implica o investimento de mil milhões de dólares, cerca de 890 milhões de euros, por parte da Microsoft, está dividida em três partes: as empresas vão desenvolver uma nova plataforma de supercomputação baseada em Azure e que será dedicada para sistemas de inteligência artificial; as novas tecnologias da OpenAI vão ser desenvolvidas em Azure; e a Microsoft passa a ser o parceiro preferencial da OpenAI na comercialização de tecnologias de inteligência artificial de propósito geral.

A plataforma de supercomputação baseada em Azure vai servir para treinar e executar modelos avançados de inteligência artificial geral, uma categoria de sistemas de IA com propósitos mais abrangentes.

«Os sistemas modernos de inteligência artificial funcionam bem para problemas específicos nos quais foram treinados, mas conseguir sistemas de inteligência artificial para ajudar a responder a algumas dos problemas mais difíceis que o mundo enfrenta vai exigir generalização e mestria profunda de diferentes tecnologias de inteligência artificial», explica a Microsoft em comunicado.

«A criação de inteligência artificial geral vai ser o desenvolvimento tecnológico mais importante da história da humanidade», disse o diretor executivo da OpenAI, Sam Altman. «A nossa missão é garantir que a inteligência artificial geral beneficia toda a humanidade», acrescentou ainda. Já Satya Nadella, o diretor executivo da Microsoft, diz que o objetivo deste investimento passar por «democratizar a inteligência artificial», para que todos possam beneficiar desta tecnologia de forma «segura».

A OpenAI foi fundada em 2015, na altura como uma organização sem fins lucrativos. Já em março deste ano passou a operar como uma empresa. Entre os fundadores da OpenAI estão nomes como Elon Musk (Tesla/SpaceX), Peter Thiel (PayPal/Palantir) e Reid Hoffman (PayPal/LinkedIn).

  • 333