exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Prejuízos gigantescos da Uber levam à suspensão de novas contratações

Spencer Platt - Getty Images

A Uber, após a divulgação dos relatórios financeiros do segundo trimestre, terá decretado o congelamento de contratações de engenheiros e de staff de TI nos EUA.

  • 333

Exame Informática

As perdas de 5,2 mil milhões de dólares só no último trimestre obrigam a Uber a adotar medidas mais agressivas. Agora, a Bloomberg e a Yahoo News avançam que a empresa está a congelar a contratação de pessoal nas áreas de tecnologia e engenharias nos EUA. Entrevistas foram colocadas em suspenso e visitas onsite com candidatos foram canceladas, o que evidencia esta suspensão. Numa reunião geral, os executivos da Uber terão dado a entender que há possibilidade de a empresa dispensar engenheiros.

Um porta-voz afirmou à Bloomberg que a empresa tinha excedido as metas de contratação nas áreas de engenharia de sofware e de gestão de produto, reforçando que a Uber «está a continuar agressivamente a contratar talento, incluindo muitos engenheiros, em todo o mundo», mas confirmando também que «temporariamente foram colocadas em pausa as contratações para algumas equipas, enquanto garantimos que estamos a ser eficientes no recrutamento face às nossas prioridades estratégicas».

A Uber entrou em bolsa avaliada em 45 dólares por ação, vale atualmente 40 dólares por ação e nunca conseguiu ser lucrativa. Aquando da entrada em bolsa, a gigante tinha mesmo alertado que esperava que os custos operacionais crescessem durante o futuro próximo.

  • 333