exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

PJ detém suspeito de pornografia de menores na Internet

Segundo a PJ, o suspeito trocava recorria aplicações p2p (peer to peer), para trocar imagens de pornografia de menores com outros internautas

  • 333

A Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica da Policia Judiciária (UNC3T, da PJ) anunciou a detenção de um homem de 54 anos de idade devido, à suspeita de prática de crimes relacionados com pornografia de menores de 16 anos de idade.

Segundo o comunicado da PJ, o homem, casado e residente no concelho de Oeiras, «recorria à utilização de aplicações p2p (peer to peer), designativas de uma rede em que os computadores comunicam e trocam dados entre si diretamente, sem a necessidade de um servidor central a gerir essa comunicação, a fim de adquirir e disponibilizar a outros utilizadores ficheiros digitais com conteúdos de abusos e exploração sexual de menores, contribuindo para a divulgação de tais conteúdos».

Além da detenção, a PJ levou a cabo a apreensão de equipamento informático do suspeito com o objetivo de levar a cabo um exame pericial que terá em vista «apurar a extensão e conexões criminosas da atividade ilícita».

O detido já foi sujeito a interrogatório judicial. Restará apenas saber quais a medidas de coação que serão determinadas pelo juiz responsável pelo caso.

  • 333