exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Sistema de navegação europeu já chega a mil milhões de utilizadores

Além de assistir milhares de dispositivos de telecomunicações, atualmente este sistema é utilizado para fins governamentais, localização para salvamento de pessoas e para sistemas de emergência de automóveis, entre outras funções

  • 333

Francisco JM Garcia

Esta terça-feira, o sistema de navegação por satélite europeu, Galileo, vai alcançar os mil milhões de utilizadores em todo o mundo. Curiosamente, a meta coincide com o 15º aniversário da Autoridade Europeia Supervisora do Sistema Global de Navegação por Satélite (GSA, na sigla em inglês), o parceiro da União Europeia que supervisiona as operações do sistema Galileo.

«O Galileo fornece serviços de navegação em tempo real de alta qualidade a mil milhões de utilizadores de smartphone por todo o mundo», disse Elżbieta Bieńkowska, comissária para o mercado internacional, indústria e empreendedorismo, num comunicado.

«Tudo isto só é possível pelo esforço feito pelas instituições europeias na construção de um sistema de navegação altamente preciso. Estou confiante que a nossa indústria espacial vai continuar a crescer com mais trabalho, ideias e investimento com o novo Programa Espacial da UE», concluiu.

Além de servir milhares de smartphones, o Galileo auxilia também várias autoridades públicas e governamentais, os sistemas de emergência de vários automóveis e é aplicado em serviços de procura e salvamento, para reduzir o tempo de procura de pessoas perdidas em locais remotos. De acordo com o comunicado de imprensa da União Europeia, o sistema de navegação melhorou a precisão de localização de 10 km para menos de 2 km e pretende num futuro próximo conseguir enviar um sinal à pessoa perdida, para reassegurá-la que vem ajuda a caminho.

Recorde-se que em julho o sistema de navegação teve um “apagão” devido a problemas com um equipamento da infraestrutura terrestre da constelação de satélites, que afetou a capacidade de cálculo de órbitas

  • 333