exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Vídeos deepfake «perfeitamente reais» chegam já em 2020, diz especialista

Um professor de ciências computacionais e considerado pioneiro nos vídeos deepfake diz que dentro de seis a doze meses qualquer utilizador vai conseguir criar um vídeo capaz de enganar as restantes pessoas

  • 333

Exame Informática

Um vídeo «perfeitamente real» e digitalmente manipulado vai poder ser criado em casa de qualquer pessoa, dentro de seis a doze meses. Esta é a convicção de Hao Li, investigador e pioneiro dos vídeos deepfake, transmitida em entrevista à CNBC. O especialista diz que «em breve, vamos chegar ao ponto em que não é possível detetar os vídeos deepfake, pelo que teremos de olhar para outras soluções».

Numa conferência organizada pelo MIT, Hao Li mostrou um vídeo deepfake com Vladimir Putin. Há algumas semanas, Li tinha comentado que os vídeos perfeitos estariam a alguns anos de distância. No entanto, avanços tecnológicos recentes e o aparecimento e popularização de apps como a chinesa Zao fizeram-no «recalibrar» a cronologia prevista.

«Em algumas circunstâncias, já o sabemos fazer. É uma questão de treinar com mais dados e implementar», considerou o professor.

  • 333