exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Elon Musk testa satélites de banda larga Starlink com publicação de Twitter

NurPhoto - Getty Images

A Comissão Federal para as Comunicações norte-americana aprovou o lançamento de doze mil novos satélites da SpaceX. O objetivo da marca é compor uma frota com 30 mil Starlink em órbita

  • 333

Francisco JM Garcia

Elon Musk testou esta terça-feira com sucesso o sistema de satélites de banda larga da SpaceX, empresa focada na indústria aeroespacial da qual é CEO, e para o comprovar fez uma publicação de Twitter, na qual afirmou estar «enviar o tweet através dos satélites Starlink».

Em maio deste ano, Elon Musk tinha já demonstrado ter interesse em lançar-se no ramo da Internet com o lançamento de 60 satélites Starklink que deram início a alguns testes com banda larga – o objetivo da empresa é alargar este serviço a todo o globo e como já é habitual Musk atiçou a curiosidade dos seus seguidores relativamente ao projeto nas redes sócias.

De acordo com a Cnet, a Comissão Federal para as Comunicações norte-americana (FCC, na sigla em inglês) aprovou o lançamento de doze mil novos satélites e foi já assinado um contrato com a União Internacional de Telecomunicações que vai permitir à empresa ter uma constelação composta por cerca de 30 mil satélites.

Recorde-se que a SpaceX vai disputar a baixa órbita com outras empresas com interesse no setor (Amazon, OneWeb, Space Norway, entre outras) e pretende oferecer velocidades de gigabits e latências de 25 ms.

  • 333