exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Estado Islâmico anda a tentar recrutar pessoas na app TikTok

Chesnot - Getty Images

Os responsáveis pelo TikTok removeram cerca de duas dúzias de contas relacionadas com o Estado Islâmico, criadas com o intuito de recrutar membros para aquela organização terrorista.

  • 333

Exame Informática

A agência de monitorização de redes sociais Storyful revela ter identificado cerca de duas dúzias de contas do TikTok ligadas ao Estado Islâmica e que eram mantidas com o propósito de recrutar novos membros. As contas publicavam hinos e frases fortes do Estado Islâmico, bem como imagens e vídeos de cadáveres de vítimas e soldados terroristas. Ainda não há confirmação de quão grande é a presença do ISIS na TikTok, mas as contas detetadas eram relativamente pequenas, com pouca audiência (numa delas, um vídeo tinha 68 likes, outra tinha cerca de mil seguidores), noticia o The Verge.

No caso do Facebook e da Google, existe uma base de dados partilhada de imagens terroristas que são removidas automaticamente assim que detetadas pelos sistemas. Em setembro, o Facebook anunciou ter removido mais de 26 milhões de conteúdos terroristas nos últimos dois anos.

Os vídeos do TikTok conseguem circular e chegar rapidamente a diversos pontos devido ao algoritmo de recomendações da empresa, mas não é claro se os vídeos do ISIS estão a ser recomendados ou se foram apenas carregados para a plataforma.

  • 333