exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

WalliD: Startup portuguesa de blockchain recebe investimento de 600 mil euros

Entre os investidores está a Imprensa Nacional-Casa da Moeda

  • 333

A startup portuguesa WalliD, que desenvolve uma ferramenta de registo e gestão de identidade na plataforma de blockchain Ethereum, recebeu um investimento de 600 mil euros. A ronda de financiamento é liderada pelo fundo Armilar Venture Partners e conta também com o investimento da Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM), responsável pela emissão do Cartão de Cidadão.

Através da ferramenta da WalliD, um utilizador pode guardar numa carteira digital, baseada em blockchain – uma tecnologia descentralizada de registos imutáveis – os documentos de identificação. Esta informação pode depois ser usada para fazer a validação da entidade da pessoa em serviços de empresas e organizações que adotem o sistema da WalliD.

«Apesar de o nosso objetivo passar por alcançar utilizadores e programadores de todo o mundo, os nossos primeiros casos de utilização vão acontecer em Portugal. Este é o motivo pelo qual fizemos parceria com a INCM, desde o início do nosso percurso, permitindo-nos integrar a tecnologia por detrás dos certificados digitais na plataforma da WalliD e testar o protocolo no mercado português», sublinha Filipe Veiga, diretor executivo da startup, em comunicado.

De acordo com a informação agora partilhada, o financiamento vai servir para abrir o protocolo da WalliD a mais programadores e começar a expansão internacional do negócio da empresa.

Criada em 2018, a WalliD foi incubada na Caixa Mágica Software, uma spin-off do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa.

  • 333