exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Software

Bancos espanhóis atacados por malware

A IBM revela que 17 bancos espanhóis estão a ser alvo de um ataque informático. Os especialistas em segurança da empresa norte-americana identificaram uma nova versão do malware Dyre que está na origem destes ataques.

  • 333
Novas atualizações ao Dyre dificultam o trabalho das forças de segurança

Novas atualizações ao Dyre dificultam o trabalho das forças de segurança

Cibercriminosos estarão a aproveitar os meses de verão para atacar 17 bancos espanhóis. Espanha é um grande destino turístico e o desenvolvimento de uma nova versão do malware Dyre terá como principal objetivo tirar partido do aumento do fluxo de pessoas nesse país para tentar ter acesso a dados bancários que ficam na posse dos criminosos.

Esta nova versão do Dyre foi identificada pela X-Force, a divisão de segurança informática da IBM. A empresa, em comunicado, realça que este malware nunca foi utilizado num ataque desta dimensão. A X-Force já o tinha identificado num ataque mais subtil que os responsáveis da IBM acreditam ter sido um balão de ensaio para a ação de maior envergadura que está agora a ocorrer. Na altura, o Dyre teve como alvo cinco bancos espanhóis.

Os especialistas da IBM explicam que, além dos 17 bancos envolvidos no ataque agora identificado, há várias subsidiárias de bancos europeus em Espanha que também podem ser afetadas por esta nova versão do Dyre. Aliás, o aviso também recai sobre outros países onde a língua oficial é o espanhol.

No comunicado pode ler-se que: “O Dyre não é novo na Europa. Já afetou bancos espalhados por todo o continente deixando de fora, surpreendentemente, a Rússia e os países que integravam a antiga União Soviética. Na Europa, França e Inglaterra são os países mais afetados por este malware. A Espanha é o terceiro”. Ainda não há números oficiais sobre a atividade do Dyre em Portugal.

  • 333