exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Software

Microsoft lança versão cloud de detetor de pornografia infantil

O PhotoDNA é uma ferramenta gratuita que já é utilizada por empresas como o Facebook e o Twitter. Ao ganhar uma versão na ‘nuvem’ torna-se mais acessível a pequenas empresas e a organizações sem fins lucrativos.

  • 333

Paulo Matos

A Microsoft lançou uma versão cloud do PhotoDNA, uma ferramenta gratuita concebida para detetar imagens que retratem abusos sexuais de crianças. Na prática, o que esta tecnologia faz é pegar em imagens conhecidas de organizações humanitárias referentes a abusos sexuais a menores e converte-as em valores numéricos, que funcionam como uma espécie de impressão digital; depois o sistema verifica websites para ver se encontra correspondências, sendo que é capaz de identificar até imagens alteradas ou redimensionadas.

O PhotoDNA em si não é uma novidade (já é utilizado, por exemplo, por Facebook e Twitter, além de Bing e OneDrive), mas a versão original obrigava a que fosse instalada nos servidores das próprias empresas para funcionar. Ao passar a ser disponibilizada através da cloud da Microsoft, a ferramenta torna-se mais acessível a pequenas empresas e a organizações sem fins lucrativos, adianta o Engadget. De acordo com a Microsoft, o Flipboard já está a usar há alguns meses a nova versão para verificar conteúdos submetidos pelos utilizadores.

Pode saber sobre esta tecnologia no vídeo abaixo.