exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Software

Happy: a app portuguesa que quer prevenir o cancro

O investigador Nuno Ribeiro desenvolveu uma aplicação que alerta, em tempo real, para o nível de prevenção de cancro individual e oferece recomendações baseadas no perfil do utilizador e na sua localização geográfica.

  • 333
Paulo Matos

Paulo Matos

Jornalista

“Health Awareness and Prevention Personalized for You”, em português “prevenção personalizada para si”, é o nome completo de uma ferramenta que visa fazer jus ao acrónimo Happy. Esta app fornece ao utilizador um HappyScore, que é um valor que ilustra em tempo real o nível de prevenção de cancro individual, além de lançar desafios saudáveis e oferecer a possibilidade de se partilharem os resultados.

A Happy é gratuita, está disponível para dispositivos Android e iOS e foi desenvolvida por Nuno Ribeiro, estudante de Doutoramento em Multimédia e Educação da Universidade de Aveiro (UA) e investigador do i3S (Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade do Porto), sendo parte integrante de um projeto financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian.

As recomendações disponibilizadas pela aplicação baseiam-se em fatores como a informação que o utilizador dá sobre os seus comportamentos e a localização geoespacial do telemóvel, revela o comunicado de imprensa da UA. Nuno Ribeiro explica que, por exemplo, «se a pessoa estiver na praia durante o dia, irá receber mensagens para se proteger do sol; se estiver no supermercado, a Happy vai sugerir-lhe comprar frutas e vegetais frescos».

Refira-se que a aplicação foi testada por 32 voluntários durante um mês e agora é disponibilizada para o público em geral com o intuito de contribuir para a promoção de uma educação para a saúde que contribua para a mudança de comportamentos na sociedade portuguesa, visando especialmente as pessoas com idades compreendidas entre os 18 e os 40 anos.