exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Software

Windows 10 poderá ter uma Workstation

Uma fuga de informação por parte da Microsoft deixou os beta testers das versões do Windows 10 ver descrições de uma nova edição do sistema operativo pensada para os utilizadores profissionais com necessidade de processar grandes quantidades de dados.

  • 333

Ruben Nascimento Oliveira

A notícia chega via Twitter, onde @AnditsTito e @GrandMofongo, ambos fãs que costumam acompanhar de perto as tecnologias, expuseram referências a uma nova edição do Windows 10. Estas informações estavam incluídas numa build distribuída acidentalmente antes do tempo junto dos participantes inscritos no Windows Insider Program, um programa que deixa alguns utilizadores testar as versões Beta do Windows.

A edição é designada como «Windows 10 Pro for Advanced PCs» e de acordo com a fuga de informação tem em vista as máquinas de utilizadores profissionais que necessitem de processar enormes quantidades de dados por dia, explica TheVerge.

Num slide, exposto por @GrandMofongo, a Microsoft explicita quatro funcionalidades específicas desta versão: Um modo Workstation que promete melhorar a performance e fiabilidade da máquina, o novo sistema ReFS desenhado tratar grandes volumes de dados, processamento e partilha de ficheiros mais rápido e com uma baixa taxa de utilização do processador e por último, suporte para hardware de alto desempenho, onde estão incluídas máquinas que tenham até quatro processadores e um limite de memória de seis Terabytes.

O nome da edição não é final, e o seu conjunto de funcionalidades ainda esta a ser trabalhada mas o mais provável é que esta nova edição seja utilizada em servidores de empresas.

  • 333