exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Software

FaceApp estreia filtros para negros, asiáticos, caucasianos e indianos

A FaceApp já enfrentou críticas anteriormente devido à forma como a Inteligência Artificial da app estava a tornar as pessoas mais “atraentes”. Agora, a aplicação tem disponíveis filtros para tornar as pessoas negras, asiáticas, caucasianas ou indianas

  • 333

Exame Informática

A FaceApp promete colocar a Inteligência Artificial ao serviço da edição automática de fotografias, mas não sem escapar a muitas críticas que se esperam agora. Os filtros atuais prometem tornar as pessoas realisticamente mais novas, mais velhas ou até colocá-las a sorrir. No passado, o modo “Hot” fez com que os rostos ficassem mais brancos, deixando implícito de que as pessoas caucasianas seriam mais atraentes do que as pessoas de outras raças. Os responsáveis da app explicaram que o "infeliz efeito colateral" deveu-se à forma como a Inteligência Artificial foi alimentada, apenas com imagens de rostos caucasianos, lembra o The Verge.

Agora, os novos filtros prometem originar mais críticas. A FaceApp permite experimentar diversas raças, como negros, asiáticos, caucasianos ou indianos. Desta feita, o CEO explica que não vão ser feridas suscetibilidades, uma vez que os filtros foram desenhados para serem iguais em todos os aspetos. Yaroslav Goncharov diz que "não há qualquer conotação positiva ou negativa assocaida. Até são representados pelo mesmo ícone. Além disso, a lista dos filtros é baralhada para cada foto, pelo que cada utilizador irá vê-los sempre em ordens diferentes".

  • 333