exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Software

Descobertas falhas de segurança no software que suporta eleições alemãs

Sean Gallup

Um coletivo de hackers detetou uma falha de segurança que permite que hackers manipulem os resultados eleitorais na plataforma que faz a contagem de votos na Alemanha. Empresa que criou a plataforma negou falhas, mas fez as devidas emendas

  • 333

O Chaos Computer Club não é uma auditora, mas faz auditorias de segurança eletrónica – que geralmente não são solicitadas. A mais recente dessas iniciativas promete tornar-se um assunto lateral nos debates entre políticos alemães: de acordo com o coletivo de hackers, o software PC-Wahl, que gere a contagem de votos e a apresentação de resultados eleitorais, está vulnerável a ciberataques. A plataforma deverá regressar ao ativo em outubro, durante as eleições legislativas alemãs.

De acordo com a Wired, os voluntários do Chaos Computer Club, a plataforma que suporta as eleições alemãs padece de uma falha de segurança que permite que um intruso altere os resultados à medida que são atualizados pelos servidores. O que abre a porta para a manipulação de resultados eleitorais.

A revelação teria tudo para se converter num melindre: com as eleições a aproximarem-se, uma possível falha de segurança poderia ser suficiente para gerar desconfiança ou polémica em torno dos resultados eleitorais. Face à ameaça de descrédito, a VOTE-IT, a empresa que gere o software eleitoral alemão, assumiu uma posição ambivalente: por um lado, rejeitou sempre a existência de qualquer falha – e ao mesmo e em paralelo, procedeu às alterações necessárias para eliminar a vulnerabilidade identificada pelo Chaos Computer Club.

  • 333