exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Software

Atualizações contra Meltdown e Spectre diminuem o desempenho de PCs mais antigos

As empresas tecnológicas já estão a trabalhar e lançar atualizações contra as vulnerabilidades Spectre e Meltdown, detetadas há pouco tempo. No entanto, Microsoft e Intel alertam que máquinas com chips ou sistemas operativos mais antigos podem sofrer degradações no desempenho.

  • 333

Exame Informática

Os patches para sanar as vulnerabiliddes Spectre e Meltdown afetam o desempenho dos computadores. Segundo a Intel e a Microsoft, as atualizações criadas fazem com que a performance desça entre 2 a 20% em servidores Linux e máquinas Windows. Os computadores com Windows 10 vão ser os que menos sofrem esta redução, devido a ser o sistema operativo mais recente, com hardware mais moderno também. A maior parte dos utilizadores não se deve aperceber desta quebra. Por outro lado, as máquinas com Windows 7 e Windows 8 vão sofrer uma queda mais acentuada assim que as atualizações forem instaladas. Este efeito deve-se à utilização de kernels (núcleos dos sistemas operativos) mais antigos e à existência de mais transações entre o modo kernel e o modo utilizador.

Do lado da Intel, o alerta é que máquinas com chips Haswell ou anteriores vão ser as que sofrem mais impactos. A empresa não detalhou como é que os chips modernos quad-core, dual-core ou os mais antigos vão ser afetados, mas sabe-se que a performance pode reduzir entre os 2 e os 14%, depois da atualização.