exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Software

Como investigadores do Técnico criaram um assistente de astronauta

Space Cobot pode não ter a aparência dos heróis de ficção científica, mas surpreendeu os Investigadores do ISR-L com manobras arriscadas, muito antes de se tornar um candidato a assistente robótico de astronautas

  • 333

O primeiro voo do Space Cobot não teve a preparação típica das missões espaciais: no final do ano passado, num ensaio de rotina, o pequeno disco robotizado começou a rodar sobre si próprio sem parar e «acabou por sair disparado devido à energia cinética acumulada». Resultado: o robô voador e o gimbal que o suporta acabaram por se partir. «O protótipo ainda não tinha killswitch, que permitisse desligá-lo em caso de emergência», recorda Rodrigo Ventura, professor no Instituto Superior Técnico e investigador do Instituto de Sistemas e Robótica de Lisboa (ISR-L). O indesejado batismo não chegou para demover os investigadores do ISR-L do desenvolvimento de um assistente robótico para astronautas. «A nossa perspetiva é apresentar candidaturas a concursos nacionais e internacionais para arranjar apoios e fazer evoluir este projeto», explica Rodrigo Ventura.

Pode continuar a ler este artigo, clicando aqui (acesso grátis e livre).

  • 333