exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Software

Microsoft quer tornar a Cortana indispensável

A Microsoft tem o seu assistente pessoal Cortana e ontem mostrou algumas das novas funcionalidades. A empresa de Redmond quer tornar este assistente indispensável ao trabalho.

  • 333

Exame Informática

O Cortana está presente em mais de 700 milhões de aparelhos com Windows 10, iPhones e telefones Android. O assistente surgiu em 2014 e foi usado como guia vocal para algumas tarefas mais rotineiras, mas a Microsoft continua a reforçar as suas funcionalidades. Grande parte dos avanços recentes deveu-se à aquisição da Semantic Machines, uma empresa especializada em processamento de linguagem natural.

O Cortana foi demonstrado durante a conferência da Microsoft ontem e foi possível assistir a conversas mais prolongadas sobre eventos marcados e outras efemérides relacionadas com trabalho. A visão da Microsoft inclui usar o Cortana para encontrar salas de reunião disponíveis, verificar quem está convidado para reuniões e reagendar encontros, em ambiente conversacional.

O assistente pessoal da Microsoft foi integrado no Outlook também e consegue identificar quando uma pessoa diz que vai tomar conta de determinada tarefa e ajuda a criar lembretes para se ir acompanhando.

O ecossistema de assistentes pessoais está bem preenchido com soluções da Amazon, Apple, Microsoft e Google, mas um estudo de 2017 mostra que os utilizadores apenas os usam para completar algumas tarefas simples, como verificar a meteorologia ou tocar música. Agora, a Microsoft quer que o Cortana se distinga e que seja visto como um assistente indispensável pelo menos no que que toca ao mundo do trabalho.

  • 333