exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Software

Descobertos novos ataques que podem tirar partido de falhas nos chips Intel

Investigadores de cibersegurança detetaram uma nova vulnerabilidade nos microprocessadores Intel e quatro ataques para a explorar, de forma semelhante ao que aconteceu com o Spectre e o Meltdown.

  • 333

Exame Informática

Os atacantes que direcionarem os seus esforços para explorar esta vulnerabilidade podem obter acesso a chaves de encriptação e palavras-chave do utilizador. A falha estará presente nos chips Intel que equipam milhões de computadores em todo o mundo, alerta a Wired. Contudo, os atacantes têm de conseguir correr software malicioso no dispositivo antes de consegurirem roubar informação.

A descoberta foi partilhada por vários investigadores, de diferentes organizações, nesta terça-feira e o bug tem muitas semelhanças com o Spectre e o Meltdown, descobertos em 2018, afetando os dados alojados nos chips. A comunidade de investigadores e especialistas tem focado a sua atenção neste tipo de falhas, encontrando sérias lacunas e obrigando os fabricantes de chips a corrigi-las, sem afetar a performance dos microprocessadores.

Os processadores Intel Core de oitava e nona geração já receberam uma correção, tal como a segunda geração dos Intel Xeon Scalable. A recomendação da Intel passa por sugerir aos utilizadores que mantenham os seus sistemas sempre atualizados.

Uma das soluções passa por atualizações chamadas microcode, que resolve o problema sem ter de se reescrever as funcionalidades hard coded.

  • 333