exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Software

Microsoft aumentou preços e o CERN procura alternativas de código aberto

Os responsáveis do CERN estão a coordenar o MAlt, ou Microsoft Alternatives, onde pretendem encontrar soluções de código aberto que substituam o software da empresa de Redmond.

  • 333

Exame Informática

Nos últimos 20 anos a Microsoft forneceu vários programas com desconto às equipas do CERN, ao abrigo do estatuto de «instituição académica». Este desconto terá terminado em março, não tendo sido renovado e, segundo uma publicação no blogue do CERN, os custos de licenciamento subiram mais de 10 vezes. Assim, os responsáveis da instituição anunciaram que estão a acelerar o MAlt, um projeto que foi lançado há um ano e que visa procurar alternativas à Microsoft, para migrar os trabalhos para software de código aberto, evitando assim ficar “reféns” de software proprietário ou de uma empresa.

O projeto deve demorar alguns anos até ficar concluído e vai começar com um serviço de correio eletrónico para as equipas de TI e outros voluntários. A expetativa é migrar depois todos os colaboradores e avançar para uma alternativa ao Skype for Business e aos telefones analógicos, passando para um cliente de softphone.

A Microsoft propôs aumentar gradualmente os preços ao longo de dez anos, para ajudar a instituição a adaptar-se, mas o CERN considera os custos insustentáveis. Com o MAlt, o CERN pretende ter um papel pioneiro em descobrir alternativas que possam ser usadas por outras instituições de investigação.

  • 333