exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Opinião

Manual do engatatão 2.0

Um homem tem de trabalhar muito mais que qualquer mulher para ter um like. Resultado: o like é bem mais caro para os homens que para as mulheres, pelo menos, quando é a sedução que está em jogo e não há hossanas aO Benfica. Crónica de um um encontro que nunca aconteceu com vários episódios que estão sempre a acontecer.

  • 333

Quatro amigos juntam-se à mesa para conversar. Como é que sabemos que um deles é casado? Resposta: é o único que não está a responder a uma qualquer mensagem no telemóvel. Os outros três não tiram os olhos do ecrã; fazem corar o senhor Pavlov e salivam a cada som de campainha que anuncia mais uma mensagem no Facebook e o advento de um novo round de charme virtual; e escrevem, escrevem e escrevem – muito, mas curto e grosso, como diz o povo sem qualquer insinuação anatómica. A avaliar pelo entusiasmo, tudo leva a crer que estão ali os novos Camões e Almeida Garretts; a avaliar pelo empenho, dir-se-ia que a Internet conseguiu aquilo que muitos movimentos líricos, ideológicos e literários ficaram aquém de alcançar: em cada homem, um poeta; em cada poeta, uma conta de Tinder; em cada amizade de Facebook um novo cancioneiro.

Este conteúdo é parte integrante da Exame Informática Semanal. Para continuar a ler clique AQUI (acesso gratuito).

  • 333