exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Opinião

O algoritmo precisa de amigos

Os algoritmos em ação nas redes sociais têm demonstrado pouca eficiência. A Inteligência Artificial não chega... ainda é preciso recorrer à ajuda de pessoas

  • 333
Paulo Matos

Paulo Matos

Jornalista

Na adolescência, um dos meus programas preferidos era A Noite da Má Língua, onde me deliciava com as crónicas do Victor Moura-Pinto. Achava-as geniais e a frase que aparecia no ecrã no final – “sic transit gloria mundi” (que pode ser traduzido literalmente do Latim para “a glória mundana passa desta forma” ou, de uma forma mais livre, para “e assim vai o mundo”) – ficou-me no subconsciente mais tempo do que supunha possível. Dei conta disso quando li recentemente uma notícia que referia que um utilizador tinha utilizado o Facebook Live para transmitir o homicídio de um desconhecido no domingo de Páscoa. Baixei a cabeça, suspirei e disse para os gatos que estavam ao meu lado na altura: “E assim vai o mundo…”.

A notícia foi depois corrigida – afinal, não tinha sido um Facebook Live; o homicida tinha gravado o vídeo e depois fez o upload para a rede social. Não me senti melhor com isso. O criminoso acabou por suicidar-se quando estava a ser alvo de uma perseguição automóvel por parte da polícia.

Este artigo faz parte da Exame Informática Semanal. Para continuar a ler clique AQUI e insira o seu nome de utilizador e palavra-passe. Também pode utilizar o código fornecido na Exame Informática e no Expresso.

  • 333
  • Manual do engatatão 2.0

    Opinião

    Um homem tem de trabalhar muito mais que qualquer mulher para ter um like. Resultado: o like é bem mais caro para os homens que para as mulheres, pelo menos, quando é a sedução que está em jogo e não há hossanas aO Benfica. Crónica de um um encontro que nunca aconteceu com vários episódios que estão sempre a acontecer.

  • Opinião

    “Abre os olhos” é a primeira frase que se ouve no filme Vanilla Sky (o remake do espanhol Abre los Ojos de Alejandro Amenábar). As palavras doces saem da boca da personagem de Penélope Cruz e são destinadas à de Tom Cruise, mas, no fundo, deveriam ser dirigidas a todos nós depois de tomarmos consciência dos dados que a Europol partilhou recentemente

  • Opinião

    A Uber vai ficar na história por várias razões e, a longo prazo, acredito que poucas delas serão positivas. É um caso de estudo interessante sobre como a imagem transmitida ao público e a realidade podem ser bem diferentes.