exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Opinião

Facebook Live: quando as sociedades se veem ao espelho e desviam o olhar

A Facebook tem de agir rapidamente para contar a vaga de transmissões de vídeo em direto que mostram atrocidades

  • 333

Depois das violações, dos suicídios, das agressões e dos assassinatos. O Facebook voltou a ser palco esta semana de mais uma atrocidade. Um tailandês enforcou a filha de 11 meses num hotel em Phuket, Tailândia. Imaginar o crime já é penoso o suficiente. Mas neste caso, o tresloucado de 21 anos decidiu transmitir o assassinato via Facebook Live. A polícia tailandesa foi avisada quando os familiares do assassino viram o vídeo a ser transmitido no seu mural. Infelizmente, não chegaram a tempo para interromper o filicídio seguido de suicídio. O vídeo esteve disponível durante 24 horas no Facebook e só foi retirado após um pedido do ministério da Economia Digital da Tailândia. Nesse hiato de tempo foi visto algumas centenas de vezes. O que, só por si, é inexplicável.

Este artigo faz parte da Exame Informática Semanal. Para continuar a ler CLIQUE AQUI.

  • 333
  • Opinião

    Foi uma notícia que passou praticamente despercebida: a Apple pôs ponto final na relação com a Imagination Technologies. É natural que desconheça esta empresa. A Imagination Technologies não tem grande notoriedade pública porque desenvolve tecnologia para outras marcas. E o que é que a Imagination Technologies fazia para a Apple? A tecnologia de processamento gráfico que está no interior dos processadores do iPhone e do iPad. Para um leigo, até pode parecer coisa de pouca importância, mas a importância desta tecnologia é de tal ordem que a Apple preferiu acabar com a relação apesar dos excelentes frutos que tem dado. Confuso? Passo a explicar.

  • Opinião

    Os algoritmos em ação nas redes sociais têm demonstrado pouca eficiência. A Inteligência Artificial não chega... ainda é preciso recorrer à ajuda de pessoas

  • Manual do engatatão 2.0

    Opinião

    Um homem tem de trabalhar muito mais que qualquer mulher para ter um like. Resultado: o like é bem mais caro para os homens que para as mulheres, pelo menos, quando é a sedução que está em jogo e não há hossanas aO Benfica. Crónica de um um encontro que nunca aconteceu com vários episódios que estão sempre a acontecer.