exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Opinião

Sony: deixem-nos jogar livremente!

O tema do jogo em rede multiplataforma já é antigo e tem tido avanços e recuos ao longo dos últimos anos. Se não conhece o conceito, trata-se de podermos jogar uns com os outros usado máquinas diferentes.

  • 333

Continuam a existir algumas limitações técnicas, sobretudo no modo como diferentes plataformas podem estabelecer as ligações (cada plataforma tem o seu próprio sistema multiplayer online), e também alguns problemas relacionados com a jogabilidade. Este último aspeto pode assumir particular importância em alguns títulos. Por exemplo, num jogo de ação na primeira pessoa, os jogadores em PC podem alterar mais parâmetros gráficos para tornar o campo de batalha mais “limpo” e, como tal, facilitar a identificação dos adversários, ganhando uma vantagem injusta. E, é claro, o modo de controlo pode ser muito diferente.

Mas as limitações técnicas são ultrapassáveis e as diferenças de jogabilidade podem ser, pelo menos em larga medida, compensadas recorrendo a diferentes técnicas. Aliás, até já há vários jogos que permitem jogar entre PC e PlayStation ou entre Xbox e PC, o que demonstra que o multiplayer multiplataforma não é uma utopia.

Este artigo é parte integrante da Exame Informática Semanal. Para continuar a ler CLIQUE AQUI

  • 333