exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Opinião

Menos bola, mais 'tiro neles'

Estava eu há mais de uma hora numa fila para levantar a acreditação de imprensa para o Moche XL eSports e era constantemente assolado por dois pensamentos: mas por que raio é que decidi vir para aqui num sábado de manhã; e está aqui uma quantidade de gente impressionante para um evento que abriu portas há cerca de 30 minutos.

  • 333
Paulo Matos

Paulo Matos

Jornalista

E o segundo pensamento é bem mais interessante, pois não estamos a falar de um qualquer jogo de futebol ou de uma final internacional de futsal ou basquetebol – não, aqueles milhares de jovens foram ao Altice Arena para jogar em PCs ou consolas, para conhecer streamers e youtubers ou para se sentarem nas bancadas a verem profissionais de Counter-Strike darem recitais de headshots num torneio com 100 mil dólares de “prize money”. Numa época em que o denominado desporto-rei em Portugal parece pouco mais do que uma transposição para a realidade da app Underworld Football Manager, fiquei com a sensação de que estamos num período transitório e que os eSports podem, de facto, vir a competir com os desportos tradicionais em termos de adeptos, merchandising, salários, etc.

Para ler este artigo da Exame Informática Semanal, clique aqui. (acesso livre e gratuito

  • 333