exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Tutoriais

E-SIM: os cartões SIM do futuro permitirão trocar de operador de forma instantânea

Apple e Samsung pertencem a um grupo de empresas que estão a trabalhar numa alternativa aos habituais SIM e que pretende embutir uma nova espécie de cartões nos telemóveis e permitir que se troque de operador de forma instantânea.

  • 333

Paulo Matos

O tradicional cartão SIM que estamos habituados a usar nos nossos telemóveis pode ter os dias contados. Apple e Samsung são os rostos mais populares de uma iniciativa que engloba outros intervenientes da indústria de telecomunicações e que pretende implementar os cartões e-SIM, estando já a trabalhar com a GSMA – a associação que gere o sistema telefónico GSM utilizado pela maioria dos operadores mundiais – para concretizar o projeto.

Enquanto o cartão SIM está associado a redes específicas, o e-SIM vai permitir que se troque de operador de forma instantânea. Além disso, passará a estar embutido no telemóvel. Ou seja, deixará de estar acessível ao utilizador e não poderá ser removido do terminal, algo que agrada aos fabricantes porque assim também poderão aplicar este princípio aos aparelhos conectados que temos em casa e que fazem parte da Internet das Coisas.

Do ponto de vista físico, o e-SIM será standardizado para todos os fabricantes, sendo que a informação presente no cartão será compatível ou regravável por parte de todos os operadores de telecomunicações. Isto significa que bastará ao utilizador uma simples chamada para mudar de operador no momento, sem ter de intervir fisicamente no telemóvel.

Contudo, ainda não é expectável que o e-SIM chegue em breve ao mercado e suplante rapidamente o SIM, já que o cartão tradicional se encontra muito disseminado. Contudo, empresas como AT&T, Deutsche Telekom, Orange, Telefónica e Vodafone estão a apoiar a iniciativa.

Nota: Este conteúdo foi originalmente publicado na Exame Informática nº 244.