exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Tutoriais

IFTTT: Para que serve e porque é que a Microsoft vai lançar uma versão da ferramenta

Sigla de If This Then That, o IFTTT é um serviço web que permite ao utilizador automatizar tarefas através da definição de um conjunto de regras, sendo possível a interação entre vários programas (por exemplo, Gmail, Facebook e Twitter). A Microsoft prepara-se agora para lançar uma ferramenta semelhante.

  • 333

Paulo Matos

Numa sociedade que vive a um ritmo cada vez mais acelerado, soluções que ajudem a poupar tempo são sempre bem-vindas e é este o caso do If This Then That (IFTTT). Esta tecnologia permite programar outras aplicações – estão disponíveis mais de 300 canais, onde se incluem, por exemplo, Facebook, Evernote, LinkedIn, Dropbox, Google Drive, Instagram, OneDrive e YouTube – através da definição de um conjunto de regras, sendo que estas assentam precisamente no nome da solução que, em tradução livre, significa “se isto, então aquilo”.

Portanto, na prática, após a instalação tanto em PCs como em dispositivos móveis, este sistema permite a criação de parâmetros ou receitas (“recipes”, em inglês), sendo que é necessário começar por definir o ‘this’, isto é, o canal com que se quer ligar. Depois há que escolher o que despoleta a ação e selecionar o que acontece.

Um exemplo prático de uma regra: definimos que sempre que colocamos uma foto no Instagram, ela é automaticamente guardada no OneDrive e postada no Facebook. As possibilidades são inúmeras e cada utilizador pode personalizá-las da forma que mais lhe convier, sendo que estão disponíveis na Internet várias regras que outras pessoas criaram e partilharam.

O conceito tem tanto potencial que a MSPoweruser adianta que a Microsoft vai disponibilizar em breve uma ferramenta semelhante. Denominada Flow, está pensada para ambientais profissionais e visa automatizar a partilha de dados e de mensagens entre as aplicações da Microsoft e de outros fabricantes.

De início, a Flow irá conseguir ligar-se a mais de 35 serviços, onde se destacam Office 365, SharePoint, OneDrive, Google Drive, Twitter, Salesforce e MailChimp, por exemplo. Todas as semanas deverão ser adicionados novos serviços.

Nota: Parte deste conteúdo foi originalmente publicado na edição nº 234 da Exame Informática.

  • 333