exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Vídeos

Neuropsycad ajuda a detetar doenças neurológicas

Exame Informática

  • 333

A startup portuguesa desenvolveu uma tecnologia que combina ressonâncias magnéticas, Inteligência Artificial e diagnósticos de doenças neurológicas para detetar padrões de doenças que afetam o cérebro. A estreia comercial está prevista para 2020. A solução promete reduzir quatro ou cinco vezes os custos dos exames mais tradicionais.

Exame Informática

  • 333
  • Novidades tecnológicas da Seat

    LifeStyle

    Fomos a Barcelona conhecer as novidades apresentadas pela Seat na Feria Automobile. Foi possível experimentar uma versão do Waze compatível com o Android Auto e testamos até uma solução que permite falar com um carro e que tem um assistente preditivo, que se adapta, em tempo real, aos dados disponíveis. A sonda tem sonares, câmaras de alta definição, GPS, um doppler e hidrofones, entre outros dispositivos.

  • Sonda criada no Porto ajuda a descobrir os segredos dos oceanos

    Reporter EI

    Fomos conhecer a MarinEye, uma sonda desenvolvida por investigadores do INESC-TEC e do CIIMAR com o objetivo de desvendar alguns dos segredos da fauna marinha. Durante experiências em Sesimbra e na zona do Porto, captaram-se dados biológicos e recolheram-se amostras de microorganismos que influenciam a vida nos oceanos.

  • VR2Market ajuda a manter polícias e bombeiros em segurança

    Reporter EI

    Investigadores do INESC Tec desenvolveram um sistema composto por uma caixa de sensores e uma camisola inteligente que monitoriza temperatura corporal, batimentos cardíacos e analisar cenários eventualmente perigosos, como ameaças ao corpo humano ou situações de stress físico ou psicológico. A monitorização pode ser feita em tempo real ou em diferido, de forma a desenvolver algoritmos que possam ser usados em situações futuras.

  • Vision Box, a empresa portuguesa que inova no controlo de fronteiras

    Reporter EI

    Fomos conhecer a Vision Box, uma das empresas que mais tem inovado nas tecnologias de controlo de fronteiras. Em breve, vai ser possível usar apenas o rosto para poder ser identificado em qualquer zona de um aeroporto. O plano passa também por permitir fazer o check in com uma selfie tirada com o telemóvel. A solução pode ser usada também para fazer pagamentos.