exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Reporter EI

Conheça a tecnologia por trás do Rock in Rio

Exame Informática

  • 333

O Vodafone Digital Rock City monitorizou vários parâmetros na cidade do rock durante os dias do festival, em tempo real. O objetivo passou por conseguir uma utilização eficiente dos recursos. Uma das novidades era o smart check-in para agendar a entrada em várias atrações. De uma edição para outra, a monitorização de consumos permitiu instalar apenas 17 geradores, face aos 52 usados no ano anterior.

Exame Informática

  • 333
  • MagikBook, tecnologia que dá interatividade aos livros em papel

    Reporter EI

    É no EngageLab, em Guimarãs, que está a ser desenvolvido o MagikBook. Sozinho, é um livro vulgar como os outros, mas, associado a um tablet, o MagicBook permite uma interação multimédia e uma experiência imersiva. Cada página tem uma banda magnética que interage com a bússola digital do tablet. Os investigadores do EngageLab estão também a trabalhar numa solução de circuitos piezoelétricos que captam energia do movimento e da pressão exercida nas páginas, mas só em 2019 devem chegar os primeiros protótipos.

  • Space Cobot, um assistente de astronauta desenvolvido em Portugal

    Reporter EI

    Estivemos no Instituto de Sistemas e Robótica de Lisboa para ver conhecer o Space Cobot, um robô que voa e que pode estar em microgravidade. Este drone espacial está apto a voar em qualquer direção e pode ajudar a encaminhar comunicações, transportar objetos como ferramentas, captar imagens ou buscar informação. Os próximos passos incluem testes numa mesa com almofadas de ar e ainda uma viagem de avião com várias paragens que replicam cenários sem gravidade. O desafio passa por conseguir o financiamento necessário.

  • Como a Realidade Virtual ajuda na reabilitação física

    Reporter EI

    O VR4Neuropain usa realidade virtual para exercícios de reabilitação física. O projeto foi criado pela Collide em parceria com vários investigadores e o sistema sugere exercícios e tarefas para que os utilizadores consigam debelar lesões ou ultrapassar dores crónicas. No futuro, podem ser desenvolvidos exercícios para recuperação de acidentes vasculares cerebrais. Para já, a solução vai ser testada com um conjunto alargado de pacientes de um centro de reabilitação em Alcoitão.