exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Web Summit

Hyperloop, a velocidade de um avião e a conveniência de um metro

Na última conferência do Web Summit foi apresentada mais uma tecnologia que promete “mudar o mundo”. O Hyperloop já não é ficção científica.

  • 333

A ideia inicial de Elon Musk está a ser concretizada por uma equipa liderada por Shervin Pishevar e Josh Giegel. O primeiro Hyperloop comercial vai ligar Dubai a Abu Dhabi, uma distância de 150 km, em apenas 12 minutos.

Os primeiros testes já começaram a ser feitos e a construção do primeiro troço funcional, ainda para testes, deverá ser estreado no início do próximo ano. O Hyperloop é um sistema de transportes que acelera cápsulas, através de indução eletromagnética, até uma velocidade superior a 1000 km/h dentro de um tubo onde a pressão é reduzida para diminuir o atrito. E, no Web Summit, ficámos a saber que as cápsulas poderão sair das estações para levarem os passageiros a casa ou ao trabalho. Tudo de modo autónomo, sem qualquer condutor. «Queremos que seja um transporte porta-a-porta», referiu Shervin Pishevar

Josh Giegel acredita que o Hyperloop não vai ser apenas um sistema de transporte rápido: «Pode mudar o mundo», explicando que «se podermos trabalhar e viver em conjunto, esta pode ser a inovação mais importante da nossa geração». O objetivo é, segundo Giegel, «tornar o mundo uma aldeia global». Os responsáveis pelo projeto conseguiram fortes aplausos quando anunciaram que, ao diminuir muito as “distâncias”, esta tecnologia tem o potencial para «tornar o mundo um melhor lugar para viver».

A empresa criada pelos dois empreendedores, a Hyperloop One, passou em dois anos de uma ideia para uma organização com mais de 200 trabalhadores e já angariou quase 200 milhões de dólares em investimento.

  • 333