exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Conteúdo Patrocinado

Dynabook, uma marca adaptada a todas as forças de trabalho

Quando se pensa na próxima geração de computadores para uma empresa, para além de se ter em conta a segurança e a capacidade de um dispositivo manter-se seguro sob certas circunstâncias, o peso também é uma característica importante a considerar. O trabalho móvel está a tornar-se mais comum a cada dia que passa e os dispositivos corporativos não podem ficar para trás.

  • 333

TiN Brand Studio

A dynabook, conhecida até abril deste ano como Toshiba, especializa-se na criação de dispositivos corporativos. Desde o seu início que tem procurado satisfazer as necessidades dos trabalhadores e das empresas. Os pilares que mantiveram a Toshiba de pé e agora suportam a dynabook são: pessoas, parcerias, produto e processo. Sem um, o outro não existe e são estes os pilares que levam a marca a querer continuar a inovar e a trazer novos dispositivos para a força de trabalho. Em julho, a dynabook anunciou o lançamento de quatro novos computadores portáteis. Os quais foram concebidos e projetados para satisfazerem as necessidades do trabalho móvel.

Portégé X30-F & Tecra X40-F
Sendo que ambos foram anunciados no ‘dynabook day’, os primeiros dispositivos a chegar ao mercado com a marca dynabook vêm com o Windows 10 Modern Standby (MS), o qual permite a utilização de um modelo de energia parecido ao de um smartphone num PC. E em parceria com a funcionalidade wake on fingerprint, os dispositivos oferecem a experiência instantânea de ligar/desligar que os utilizadores esperam dos seus dispositivos móveis.

Outras atualizações realizadas nos Portégé X30-F e Tecra X40-F incluem WiFi 6, o mais recente standard que proporciona WiFi mais rápido e maior capacidade. Ambos têm recursos de armazenamento atualizados. O Intel® Optane™ permite a aceleração do trabalho e a memória de dados, reduzindo os tempos de espera. O armazenamento Intel® Optane™ também aprende quais as funções mais usadas pelo utilizador, desde o arranque de sistema à pesquisa de ficheiros até aos programas mais usados e, posteriormente, acelera os processos de trabalho.

Portégé A30-E
O A30-E foi desenhado e concebido a pensar na produtividade, utilidade e portabilidade, ostentando, assim, um formato fino e um peso tão baixo quanto 1.2 kg. Este peso pode variar de acordo ao modelo e às características que possui. O ecrã brilhante e sem reflexo permite que o utilizador consiga ler, mesmo em situações mais difíceis. A durabilidade da bateria de até 14 horas facilita a produtividade durante o dia todo. O A30-E foi desenvolvido para ter a durabilidade e fiabilidade que os trabalhadores móveis procuram nos dias de hoje.

Tecra X50-F
Os computadores portáteis de 15” habitualmente são pesados e difíceis de levar às costas quando se viaja. O X50-F é o portátil de 15” construído com o trabalhador móvel em mente, tem apenas 1,36 kg. Sendo que o peso varia de acordo com o modelo e as características que possui. Neste lançamento destacam-se as melhorias no design, conectividade e performance. A otimização da portabilidade e produtividade foram os principais objetivos para a conceção do dispositivo. O novo ecrã LCD IGZO, desenvolvido pela Sharp, consome metade da energia da bateria de um ecrã LCD normal, mas sem reduzir o brilho. Isto, combinado com a impressionante durabilidade da bateria até 17 horas permite que o utilizador não se tenha de preocupar com ficar sem energia a meio de um trabalho.

Todos os dispositivos vêm equipados com a BIOS, ferramenta desenvolvida pela dynabook para oferecer a máxima segurança aos utilizadores. A Trusted Platform Module (TPM), também desenvolvida pela dynabook, permite que as portas de entrada sejam configuradas para o nível de acessibilidade exigido por cada empresa.

Conheça melhor a nova dynabook e os seus mais recentes produtos AQUI.

  • 333