exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Software

Apple quer criar portáteis que detetam a presença de pessoas

A Apple registou a patente "Presence Sensing" com o propósito de criar uma nova ferramenta de autenticação. A solução poderá vir a estrear nos MacBook Pro

  • 333

A Apple registou uma patente com o propósito de dotar um portátil da capacidade de detetar a presença de pessoas à volta – e de identificar o respetivo proprietário, através do rosto. A tecnologia tem vindo a ser apresentada como uma novidade que poderá vir a ser incluída nos futuros MacBook Pro, da Apple.

A patente, denominada de “Presence Sensing”, deverá abrir caminho a uma nova funcionalidade que deverá ser usada para reativar, através da identificação facial, a sessão num computador que se encontra suspenso (em standby). E poderá abrir caminho à estreia da funcionalidade de autenticação FaceID em portáteis da Apple.

Segundo a Forbes, a nova patente poderá produzir efeito nos portáteis, com a inclusão de dois sensores: um primeiro que simplesmente deteta automaticamente a presença de pessoas nas imediações, e uma câmara que terá por objetivo levar a cabo a autenticação do utilizador.

A patente poderá levar a tecnologia de FaceID, com que a Apple lançou as primeiras funcionalidades de autenticação através de dados biométricos do rosto, para uma nova forma de funcionamento e, não menos importante, promete poupar tempo e aumentar a conveniência de reativar o computador, que se encontra em standby.

  • 333