exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Jogos

Jogo português Decay of Logos é lançado a 27 de agosto

Foto: Decay of Logos / Steam

Título do estúdio Amplify Creations vai buscar inspiração a jogos como The Legend of Zelda, Dark Souls, mas também tem inspirações portuguesas

  • 333

Já são conhecidas as datas de lançamento do jogo Decay of Logos: 27 de agosto na PlayStation 4; 29 de agosto na Nintendo Switch; e 30 de agosto na Xbox One e nas lojas para computador Steam e Utomik. O título do estúdio Amplify Creations torna-se assim no mais recente projeto criado em Portugal a chegar às principais plataformas de distribuição de videojogos.

«É um lançamento estritamente digital, mas não está posto de parte um lançamento físico no futuro», Diogo Teixeira, diretor executivo do estúdio português, na informação partilhada.

Em Decay of Logos, o jogador vai seguir a história de Ada, uma jovem que, um dia, quando regressava à sua aldeia, encontrou a família morta e a região toda destruída. É neste momento crítico que Ada trava uma amizade improvável com um veado, que se torna num companheiro inseparável e indispensável na viagem em busca de vingança.

«Ao longo desse percurso vai descobrindo os muitos mistérios do reino, que, no fundo, não se limita ao que aconteceu na aldeia dela, mas que é um problema muito mais extenso. Uma espécie de conspiração», explicou o CEO da Amplify, numa entrevista recente à Exame Informática.

O jogo vai buscar inspiração a franquias como The Legend of Zelda e Dark Souls para os sistemas de exploração de mundo e de combate. Mas também há inspiração “local” em Decay of Logos: uma personagem no jogo é inspirada na figura dos caretos, um traje de carnaval típico da região de Trás os Montes e Alto Douro, e há também cenários inspirados na vila de Sintra.

Decay of Logos vai ter como editora a empresa Rising Star Games, responsável por jogos independentes conhecidos como Flipping Death, SteamWorld Dig 2, Trailblazers e Zombie Vikings.

  • 333